Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
OK, entendi!

AV. SÃO PEDRO, 1093 - BAIRRO SÃO GERALDO
CEP: 90230-121 - PORTO ALEGRE - RS - BRASIL
FONE: (51) 3061-0300
VENDE
Código 0690
Casa no bairro HUMAITA
Descrição do imóvel Imóveis semelhantes Compartilhe este imóvel Compartilhe este imóvel
Valor: R$ 310.000,00

Descrição

Casa sobrado em condomínio fechado, portaria 24 horas, 3 dormitórios sendo 1 suíte americana, sala, cozinha grande e bem iluminada, 1 garagem. Agende uma visita e negocie!
Valor: R$ 310.000,00
Descrição:

Casa sobrado em condomínio fechado, portaria 24 horas, 3 dormitórios sendo 1 suíte americana, sala, cozinha grande e bem iluminada, 1 garagem. Agende uma visita e negocie!...


Dorm: 3
Banheiro:1
Suite:1
Vagas:1
Área:77,76m²
Quer mais informações?
AJUDA PARA COMPRADORES
Outros imóveis que podem interessar
R$ 720.000,00
1060 - Casa
CRISTO REDENTOR
3   
3    
3   
R$ 390.000,00
1091 - Casa
PORTO VERDE
4   
1    
2   
R$ 403.000,00
0951 - Casa
JARDIM FLORESTA
7   
3    
4   
R$ 890.000,00
0948 - Casa
SAO GERALDO
4   
2    
7   
1
www.imobiliariazonanorte.com.br
fechar
Agende sua visita

De segunda à quinta, das 8h às 11:30h e das 13h às 15h. Nas sextas-feiras e véspera de feriados, o empréstimo das chaves ocorre somente no turno da manhã. Não esqueça de trazer um documento de identidade com foto e a caução de R$ 20,00 (que serão devolvidos no retorno das chaves). IMPORTANTE: O ENVIO DESTE FORMULÁRIO NÃO GARANTE DE IMEDIATO A AGENDA DA VISITA. POR FAVOR, AGUARDE A CONFIRMAÇÃO DA IZN.

fechar
Simule um financiamento

Para você que pretende financiar a compra de um imóvel ofertado pela IZN, o próximo passo é contatar a instituição financeira de sua preferência e informar-se dos documentos específicos que serão solicitados. Selecione um dos bancos abaixo e faça uma simulação do seu financiamento habitacional.

Simulador da Caixa
Simulador do Itaú
Simulador do Banco do Brasil
Simulador do Bradesco